Arraial do Monte: Sorteio para venda ambulante agendado para 2 de agosto

A CMF publicou o edital para as festas em honra de Nossa Senhora do Monte, cujo teor é o seguinte: «A Câmara Municipal do Funchal informa que está publicado o edital para prestação de serviços de restauração e/ou de bebidas, com caráter não sedentário, e venda ambulante nas festividades em honra de Nossa Senhora do Monte, que decorrerão na freguesia do Monte, entre os dias 5 e 15 de Agosto.

Todas as entidades interessadas em exercer qualquer atividade comercial durante a celebração religiosa podem submeter requerimento devidamente preenchido para o efeito até dia 1 de agosto, pelas 18:00 horas, na Loja do Munícipe, sendo que o sorteio será realizado dia 2 de agosto, pelas 14:30 horas, no edifício dos Paços do Concelho do Funchal».

As festividades para o Arraial do Monte têm início nas novenas que se realizam a partir do dia 5 de agosto. A Autarquia do Funchal garante que tudo irá decorrer dentro da normalidade.

Em declarações ao «Tribuna», em entrevista publicada na edição desta sexta-feira, dia 27 de julho, o Vereador João Pedro Vieira, com o pelouro da Fiscalização Municipal e Proteção Civil, disse que iria ser publicado o edital “que define os locais possíveis para ocupação de espaço público, permitindo a gestão dessa ocupação e a autorização dos pedidos feitos por privados para ocuparem esses espaços” (o edital não tinha sido publicado ainda até ao fecho da edição em papel).

João Pedro Vieira garantiu “cumpriremos com todas as nossas competências” e realçou “não existem obstáculos à realização das tradicionais Festas do Monte”.

Disse ainda, “do ponto de vista daquelas que são as competências da Câmara Municipal do Funchal, nomeadamente em matéria de licenciamentos e autorizações, cumpriremos com todos os pedidos que nos forem dirigidos, dentro dos prazos necessários para que as festas decorram. Podemos dar essa garantida a todos os que pretendem participar”.

No entanto, a segurança no Monte continua a ser o foco nos últimos dias. Raimundo Quintal apontou a existência de árvores em risco no Monte.

Pin It on Pinterest