PTP alerta «há zonas rurais que não nasce uma criança há dez anos»

O PTP manifestou-se preocupado com a falta de estratégia do Governo Regional, para colmatar a queda abrupta da taxa de natalidade e o rápido envelhecimento da população na Região.

“Construiu-se escolas e formou-se professores sem olhar às tendências demográficas da população e agora o resultado está à vista, muitas escolas correm o risco de encerrar e os professores acabam desempregados, porque nascem poucas crianças”, lamentou Raquel Coelho.

O PTP realçou a necessidade da Região investir na natalidade, apoiar os casais jovens, em vez, das grandes obras públicas, das festas e dos almoços na Quinta Vigia. “Precisamos melhorar as condições de vida das famílias, não há emprego, os salários são muitos baixos, ninguém quer ter filhos nestas circunstâncias. (…) existem zonas rurais onde não nasce uma criança há 10 anos”, alertou a deputada trabalhista.

Em conferência de imprensa, a deputada do PTP, Raquel Coelho também ressaltou a falta de políticas para atender às necessidades da terceira idade, que resultam numa lista de espera interminável para lares de idosos.

Pin It on Pinterest