Coelho corre na Cota 500

Os trabalhistas afirmaram hoje que a Cota 500 é mais um exemplo do despesismo do Governo Regional. Coelho aproveitou “a pista de atletismo”.

O Partido Trabalhista Português (PTP) esteve, hoje pela manhã, junto à Cota 500, na freguesia de Santo António. Mais uma das obras que exemplifica o esbanjamento dos dinheiros públicas e as políticas erradas do Governo Regional.

José Manuel Coelho aproveitou o espaço para uma corrida. A ideia pode parecer algo descabida, mas conforme explicou, a Cota 500 é a pista de atletismo mais alta de toda a Europa. “O exercício feito aqui em cima é mais saudável. Sente-se o ar puro e os atletas têm mais rendimento”.

Em vez de obras com impacto social e económico, o regime jardinista preferiu apostar em obras megalómanas. “Não importa os pobres, os desempregados, as pessoas que passam necessidades, não interessa nada disso. O que importa são obras faraónicas, sem qualquer utilidade, continuou.

Na iniciativa política do PTP, os governantes foram acusados de defender os interesses pessoais, os interesses dos “amigos do regime”, mas nunca os interesses dos trabalhadores madeirenses e portossantenses, que são agora confrontados com duras medidas de austeridade.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger