Muita gente ainda não conhece a Biblioteca

A directora da Biblioteca Pública Regional considera que ainda existem muitas pessoas que não conhecem aquele espaço.

A Biblioteca Pública Regional (BPR) da Madeira recebe cerca de 2500 visitantes por mês, sendo na sua maioria o público infanto-juvenil e o universitário. Refira-se ainda que, entre Janeiro e Setembro de 2011, já passaram 18 mil pessoas por aquela “instituição de referência do património bibliográfico regional”.

Apesar dos números serem expressivos, a directora da BPR, Maria da Paz, considera que ainda há muitas pessoas que não conhecem a biblioteca e os serviços por ela prestados. “Sentimos que ainda há pessoas que não conhecem a existência da BPR, que serviços prestamos e que projectos desenvolvemos”, lamentou.

Contudo, a responsável destaca que aquele espaço tem feito um “grande trabalho de divulgação” através do envio de newsletters, do site na internet (www.bprmadeira.org) e de visitas a escolas, ao hospital e ao estabelecimento prisional.

Maria da Paz falava hoje à margem das comemorações do 32º aniversário da BPR. Para assinalar o evento foi feita a apresentação pública do Catálogo Colectivo de Bibliotecas da Madeira (CCBM). Trata-se de um instrumento que vem permitir ao público um conhecimento de todo o património bibliográfico da Região. O catálogo tem a particularidade de ligar outras bibliotecas (municipais, escolares, etc.) que queiram integrar o projecto, podendo ser ainda mais importante para as que não tenham nenhum programa informático.

Assim, o CCBM disponibiliza aos cidadãos o livre acesso à informação, numa base bibliográfica comum, às diversas coleções existentes, e fomenta a partilha de informação entre as várias bibliotecas cooperantes. “O CCBM é essencialmente um instrumento de localização e conhecimento do acervo regional”, sublinhou a directora da BPR.

Ao participar na cerimónia de aniversário da BPR, o secretário regional de Educação e Cultura aproveitou para apresentar alguns dados referentes à promoção de eventos, realizados entre 2007 e 2011.

“Nestes quatro anos, só as instituições tuteladas pela Secretaria Regional de Educação promoveram e apoiaram à volta de 5200 eventos culturais” apontou Francisco Fernandes.

“Em matéria de divulgação cultural, a Agenda Cultural promoveu, nestes últimos quatro anos, cerca de 2300 eventos culturais”, complementou o governante, referindo que em relação a publicações foram editados 47 livros, na sua maioria pela DRAC, tendo sido apoiadas 160 edições livres.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest