Novo hospital: PSD aponta que o PS quer se “descartar” do compromisso assumido

O Partido Social Democrata da Madeira (PSD-M), a propósito das notícias vindas a público sobre o novo hospital, vem por comunicado afirmar o seguinte:

«1-A construção do novo hospital foi assumida pelo novo Governo Regional como uma prioridade. Esta prioridade reuniu o consenso de todas as bancadas parlamentares representadas na Assembleia Legislativa da Madeira.

2-Foram iniciadas as diligências necessárias para a concretização desse projeto, designadamente através da constituição de um Grupo de Trabalho para o acompanhamento do processo de revisão do Programa Funcional do novo Hospital.

3-O Governo Regional entregou a candidatura do novo hospital a projeto de interesse nacional a 30 de Junho, conforme acordado com o primeiro-ministro António Costa.

4-O que está agora em causa é a tentativa do PS se descartar do compromisso assumido tanto pelo primeiro-ministro como pelo presidente deste partido na Madeira, recorrendo a falsas questões para que não sejam inscritas as verbas para o novo hospital no Orçamento do Estado para 2017.

5-Recorde-se que, na visita efetuada à Madeira em Março deste ano, António Costa afirmou que “está bem ciente da importância” desta nova unidade de saúde para a Região, garantindo que iria existir “um esforço conjunto” para assegurar a construção do novo hospital do Funchal.

6-Em Junho deste ano, o secretário de Estado da Saúde do Governo da República, Manuel Delgado, também numa visita ao Funchal, afirmou que as obras de construção do novo hospital deveriam arrancar dentro de três anos, tendo na mesma altura o presidente do PS/Madeira sublinhado que os socialistas já tinham garantido o co-financiamento do hospital.

7-Perante a sua própria incapacidade de cumprir aquilo que prometeu, o líder do PS-Madeira tenta agora lavar a imagem, utilizando argumentos que não se coadunam com a seriedade política que devia ser adoptada por alguém que prometeu estar ‘Sempre com a Madeira’».

 

Pin It on Pinterest