«A morte de Dario Fo é uma grande perda»

«A morte de Dario Fo é uma grande perda – para a literatura, mas também para a sociedade, retratada com mestria na sua sátira», afirmou o Ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes, em declarações à agência Lusa.

Lembrando que Dario Fo foi «um dos mais importantes dramaturgos do nosso tempo», o Ministro acrescentou que o seu estilo era «inquieto e inconformista, num desafio permanente aos leitores, espectadores e até aos atores que levavam à cena os seus textos».

«O Prémio Nobel da Literatura, que recebeu em 1997, veio consagrar a escrita de teatro», referiu ainda Luís Filipe de Castro Mendes.

Dario Fo morreu hoje, aos 90 anos, em Milão. Ao longo da carreira, o dramaturgo publicou mais de 100 obras teatro, que ele próprio interpretava, entre outros numerosos livros.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger