Infarmed quer saber efeitos secundários dos medicamentos

A Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) está a promover uma campanha para incentivar os utentes a participarem as reacções adversas que sintam aos medicamentos, um comportamento que tem vindo a aumentar mas que ainda é muito reduzido em Portugal.

A campanha de sensibilização decorre até sexta-feira nas redes sociais e visa estimular a notificação de suspeitas de reacções adversas (vulgarmente designadas como efeitos secundários) junto dos profissionais de saúde e nas plataformas que existem para este efeito, como a do Infarmed e das instituições do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

“Os medicamentos têm o potencial de tratar mas também comportam riscos […] e podem surgir reacções adversas”, faz saber o Infarmed. “Importa assim assegurar que os riscos associados à toma de medicamentos sejam compreendidos pelos doentes e comunicados aos profissionais de saúde.”

Pin It on Pinterest