Bruxelas continua mais pessimista que o Governo

A Comissão Europeia (CE) reviu hoje em baixa as projecções de crescimento económico de Portugal, antecipando que o PIB português cresça 0,9% este ano e 1,2% em 2017. O crescimento esperado nas previsões de Maio era de 1,5% para este ano e 1,7% no próximo.

Os números indicam que a CE está mais pessimista do que o Governo da República no que respeita à evolução da actividade económica, uma vez que o executivo liderado por António Costa espera um crescimento de 1,2% este ano e de 1,5% no próximo.

Nestas previsões económicas de Outono, Bruxelas escreve que “se prevê que o défice orçamental [português] alcance os 2,7% do PIB [Produto Interno Bruto] em 2016” e que se reduza para os 2,2% em 2017, mas que se agrave novamente em 2018, para os 2,4%.

O Governo português, por seu lado, espera que o défice seja de 2,4% do PIB este ano (ou seja, 0,3 pontos percentuais abaixo do antecipado por Bruxelas) e de 1,6% em 2017 (ou seja, menos 0,6 pontos percentuais do que o executivo comunitário).

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger