Índice de Custo do Trabalho aumentou 3,6%

O Índice de Custo do Trabalho ajustado de dias úteis registou, segundo os últimos dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), um acréscimo homólogo de 3,6%, no 3.º trimestre de 2016. “No trimestre anterior tinha sido observado um acréscimo homólogo de 2,2%”, aponta

O INE revela, ainda, que as “duas principais componentes dos custos do trabalho são os custos salariais e os outros custos (por hora efetivamente trabalhada)”, acrescentando que “os custos salariais aumentaram 3,9%, em relação ao mesmo período do ano anterior, e os outros custos aumentaram 2,6%”.

Pin It on Pinterest