75 mil crianças em risco de morte na Nigéria

A crise humanitária que está a devastar o nordeste da Nigéria, onde os ataques do Boko Harem têm sido sucessivos, poderá vir a provocar a morte de 75 mil crianças nos próximos meses, alertou, na terça-feira, a Organização das Nações Unidas.

Peter Lunberg, coordenador humanitário da ONU, explicou à France-Presse que a crise está a alastrar-se a “grande velocidade” e que, neste momento, existem 14 milhões de pessoas que precisam urgentemente de ajuda humanitária.

Cerca de 400 mil crianças precisam de assistência e 75 mil podem vir a morrer nos próximos meses”, salientou.

Pin It on Pinterest