CINM vai render 191 milhões em receitas fiscais

O Centro Internacional de Negócios da Madeira vai permitir à Região arrecadar este ano 191 milhões de euros, 20% do total da receita fiscal, valor “quase suficiente para suportar o Sistema Regional de Saúde”.

Os referidos números foram adiantados pelo presidente do Governo Regional, durante o debate mensal na Assembleia Legislativa da Madeira, subordinado ao tema “Centro Internacional de Negócios da Madeira”.

Na ocasião, Miguel Albuquerque transmitiu, ainda, que no “Orçamento Regional para 2017 está inscrito um reforço de 2,4 milhões de euros no capital do Centro Internacional de Negócios da Madeira, passando a participação da Região de 25% para 49%, e está igualmente previsto um acréscimo de 3,5 milhões dos dividendos”.

O chefe do executivo regional voltou também a garantir aos deputados do parlamento madeirense que a concessão, por convite à atual concessionária, é “totalmente transparente”, de consulta pública e fiscalizada pelo Tribunal de Contas.

Pin It on Pinterest