Candidaturas abertas para a 8ª edição dos “PRÉMIOS SOS AZULEJO”

Estão abertas as candidaturas para a 8ª edição dos “PRÉMIOS SOS AZULEJO”, cujo prazo de entrega é 31 de Março 2017 e cujo “REGULAMENTO” pode consultar em: http://www.sosazulejo.com/?p=2798

As Entidades Parceiras do Projecto “SOS Azulejo” instituíram Prémios de Proteção e Valorização do Património Azulejar português (e/ou de origem/tradição portuguesa) designados “Prémios SOS Azulejo”, cuja atribuição é anual.

O júri dos Prémios “SOS Azulejo” será, como habitualmente, presidido pelo Professor Doutor Vítor Serrão. Também à semelhança dos anos anteriores, a cerimónia de entrega dos prémios terá lugar no Palácio Fronteira, desta feita a 22 de maio.

Os Prémios SOS Azulejo têm por objetivos: Reconhecer, valorizar, dar visibilidade e fomentar ações de proteção e valorização do património azulejar português e/ou de origem/tradição portuguesa; Contribuir direta e indiretamente para a segurança, a conservação e o restauro certificados, o estudo, o usufruto e a divulgação adequados do património azulejar português e/ou de origem/tradição portuguesa; Reforçar e incentivar a ligação e o orgulho das populações e das instituições em território português pelo seu património azulejar e/ou, noutros países, pelo seu património azulejar de origem/tradição portuguesa; Encorajar e apoiar projetos, estudos e ações de qualidade que aproveitem, valorizem e dinamizem o potencial do património azulejar português.

Os Prémios “SOS Azulejo” dirigem-se a um largo espetro de setores de atividades e destinam-se a galardoar os melhores trabalhos, projetos, estudos, contributos, obras e ações de proteção e valorização do património azulejar português e/ou de origem/tradição portuguesa, a título individual, institucional ou coletivo, que tenham decorrido até ao final de 2016.

Podem concorrer indivíduos e/ou organizações nacionais e estrangeiros.

O “PROJETO SOS AZULEJO” www.sosazulejo.com foi iniciado e é coordenado pelo MUSEU de POLÍCIA JUDICIÁRIA, contando com as seguintes Parcerias: Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP); Direção Geral do Património Cultural (DGPC); Rede de Investigação em Azulejo (RIA), Instituto de História de Arte (IHA) da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL); Universidade de Aveiro (UA); Instituto Politécnico de Tomar (IPT); Guarda Nacional Republicana (GNR); Polícia de Segurança Pública (PSP).

Pin It on Pinterest