Dinamização do ‘Núcleo de História Militar Manuel Coelho Baptista de Lima’prossegue

A Direção Regional da Cultura dos Açores, através do Museu de Angra do Heroísmo, prossegue amanhã, dia 18 de janeiro, com o programa de dinamização do Núcleo de História Militar Manuel Coelho Baptista de Lima, promovendo a abertura noturna deste espaço expositivo para que o público possa conhecer a rica e variada Coleção de Militaria ali instalada.

Este programa noturno, que decorre entre as 20h00 e as 22h00 e tem entrada gratuita, permite a visita às três exposições patentes naquele espaço, intituladas “Os Homens, as Armas e a Guerra, Memória e Novidade: Manuel Coelho Baptista de Lima”, “Património Açoriano” e “O Hospital Real da Boa Nova”, possibilitando também o acesso às Reservas de Uniformes, Armas Ligeiras e Armas Pesadas, usualmente interditas ao público.

O Núcleo de História Militar Manuel Coelho Baptista de Lima, instalado no antigo Hospital Militar da Boa Nova, acolhe a notável Coleção de Militaria do Museu de Angra do Heroísmo, sendo o único museu português não integrado no Ministério da Defesa, subordinado a esta temática, em que estão representados os três ramos das Forças Armadas, para além da Guarda Nacional Republicana e da Polícia de Segurança Pública.

Este acervo, composto por peças de artilharia ligeira e pesada, armas de fogo, armas brancas, proteções metálicas, projéteis, equipamento de logística, arreios, uniformes e condecorações, na sua maior parte acomodado em reservas concebidas em obediência à tipologia dos diferentes materiais, reflete o interesse pela área militar e o espírito colecionista do primeiro diretor do Museu de Angra do Heroísmo, Manuel Coelho Baptista de Lima, que, durante mais de três décadas, garantiu por várias vias o seu enriquecimento.

Pin It on Pinterest