Funchal entre os nomeados para “Destino Gastronómico do Ano”

A cidade do Funchal está entre os nomeados para “Destino Gastronómico do Ano”, nos prémios “Os Melhores do Ano 2016”, da revista Revista WINE – A Essência do Vinho. A publicação anunciou os candidatos na sua edição número 100 e a cerimónia que anunciará e premiará os vencedores terá lugar esta noite, no Porto. A Vice-Presidente da Autarquia, Idalina Perestrelo, marcará presença, em representação do Funchal, e mostra-se confiante a respeito deste galardão, “que reconhece, não só a extraordinária tradição gastronómica e vinícola da nossa cidade, como o trabalho que a Autarquia tem desenvolvido nos últimos anos, no sentido de estimular a Economia local, revitalizar o Comércio e os Serviços, incrementar o Turismo e reabilitar o centro histórico e infraestruturas de referência, como os Mercados Municipais.” O Funchal vai disputar a categoria com as cidades de Braga, Estremoz e Mealhada.

Na sua centésima edição, a revista WINE revelou os nomeados aos prémios “Melhores do Ano 2016”, com uma seleção que considerou distinguir, desde logo, “e independentemente dos grandes vencedores, a excelência do trabalho desenvolvido em Portugal em prol do vinho e da gastronomia”, no último ano. O Funchal foi escolhido como finalista para “Destino Gastronómico do Ano”, porque “a capital do arquipélago da Madeira é bem mais do que um bonito postal turístico.” Com “milhares de visitantes nas ruas todos os dias, chegados dos quatro cantos do mundo”, escreve a publicação, “o Funchal vai para lá da paisagem e do vinho, tendo a gastronomia como um dos seus maiores atrativos.”

Para a WINE, esta evidencia-se “particularmente nalguns espaços do centro histórico, em certos hotéis e até em freguesias mais afastadas.” Para além disso, destaca-se, igualmente, a pujança do Mercado dos Lavradores, “o mais inebriante dos mercados portugueses.” A revista vai premiar 17 categorias, destacando-se, para além do destino gastronómico, o melhor vinho e restaurante, os melhores produtores, chefs e enólogos, e as personalidades vinícolas e gastronómicas do ano.

Para Idalina Perestrelo, este tipo de reconhecimento a nível nacional não acontece por acaso: “não é à toa que o Funchal tem recebido tantos prémios nos últimos meses, nas mais diversas áreas. É o resultado de uma estratégia integrada ao longo de todo o mandato, que começa agora naturalmente a dar frutos. A revitalização da economia local tinha de estar no centro de uma agenda para o Funchal, focada no comércio e no turismo, pelo que se impunha, de uma vez por todas, definir uma estratégia que passasse da teoria à prática.”

Pin It on Pinterest