Região ‘está a responder aos desafios do envelhecimento populacional’

O envelhecimento da população europeia, realidade a que a Região não é alheia, está a trazer mudanças que obrigam a enfrentar novos desafios sociais. “A Madeira está já a responder a estes desafios, quer ao nível governamental, quer ao nível da sociedade civil”. Quem o afirmou foi Eduardo Jesus, secretário regional da Economia, Turismo e Cultura, na abertura do workshop internacional do projeto HoCare, que decorreu , na última sexta-feira, no Museu de Eletricidade – Casa da Luz e que juntou mais de uma centena de participantes, não só da Região, mas também dos 8 países que são parceiros daquele projeto desenvolvido pelo programa Interreg Europe e financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

“O envelhecimento da população deve ser visto apenas como uma fatalidade, mas também, e sobretudo como um desafio à capacidade de inovar e encontrar soluções”, disse o governante, sublinhando aqueles que têm sido os contributos do Governo Regional como o Plano Regional para o Envelhecimento Ativo, aprovado em 2016 e recordando ainda exemplos de projetos de investigação ou empresariais que têm surgido na Região nos últimos anos. Esta realidade “deve ser vista também como uma oportunidade ao nível de novos projetos, aplicações, empresas e, consequentemente como uma  possibilidade de criação de empregos em áreas relacionadas”, disse ainda.

O workshop organizado pelo Instituto de Desenvolvimento Empresarial (IDERAM) e que versou sobretudo sobre a assistência domiciliária faz parte do projeto ‘HoCare’ que aborda os assuntos do envelhecimento populacional e foca soluções inovadoras na assistência domiciliária. O IDERAM é um dos parceiros do projeto que envolve também parceiros de Chipre, Eslovénia, Bulgária, Roménia, Lituânia, Hungria, e República Checa que estiveram no Funchal. A geração da inovação foi especialmente focada quando foram abordadas as carências verificadas pelos que fornecem assistência médica, carência que foram averiguadas tanto formal como informalmente.

O projeto HoCare segue a abordagem quádruplo-hélix, um modelo de cooperação inovador que permite que todos os utilizadores, as empresas, os investigadores e as autoridades públicas cooperarem entre si para produzirem inovações. O Presidente do Conselho de Administração da Madeira Interactive Technologies Institute, Nuno Nunes, referiu que existem alguns modelos de cooperação entre investigadores e empresas na área de assistência domiciliária bem-sucedidos, e salientou a importância da abordagem quádruplo-hélix que envolve todos os seus intervenientes.

O Workshop Internacional de Assistência Domiciliária trouxe muitas boas práticas da área de soluções inovadoras para assistência domiciliária e permitiu a troca de conhecimentos e experiências entre os seus participantes das diferentes regiões europeias. Os próximos workshops internacionais serão em Budapeste (Hungria) em março 2017 e em Litija (Eslovénia) em junho de 2017.

Pin It on Pinterest