Fim-de-semana de Teatro Nacional no Baltazar Dias

O Teatro Municipal Baltazar Dias acolhe, este fim-de-semana, duas peças de Teatro Nacional, em parceria com o Teatro D. Maria II, Assim amanhã, dia 3 de fevereiro, pelas 21h, estreia a tragédia grega “Ifigénia”, ao passo que no domingo, pelas 18h, terá lugar a produção infantojuvenil “A Origem das Espécies”.

Paralelamente a ambas as produções, vão decorrer vários outros eventos, entre os quais se destacam a reinauguração do Camarim da Prima-Donna do Baltazar Dias, em homenagem a Eunice Muñoz (sexta-feira, pelas 19h), e a assinatura do Protocolo entre o Teatro Nacional D. Maria II e a Câmara Municipal do Funchal, domingo, pelas 17h, com a presença do Presidente da Autarquia, Paulo Cafôfo.

Ambas as peças em cena este fim-de-semana estreiam no Funchal ao abrigo da Rede Eunice, uma nova rede nacional de Teatro para a qual o Baltazar Dias foi escolhido, no ano passado. Esta é promovida pelo Dona Maria II, com o objetivo de disseminar pelo país o que de melhor se faz no Teatro de escala nacional. A escolha, em concurso público, reconheceu tudo o que a CMF tem feito para revitalizar o Teatro Municipal ao longo destes três anos, seja a nível de infraestruturas, de eventos e de cartaz e significa, na prática, que o Funchal irá usufruir de três espetáculos de Teatro Nacional nas próximas três temporadas artísticas, até 2019. Este fim-de-semana decorrem, assim, os dois primeiros.

A peça “Ifigénia” foi escrita pelo diretor artístico do TNDM II, Tiago Rodrigues, e embarca no desafio de recriar um texto do dramaturgo grego Eurípides, utilizando a urgência e as palavras de hoje, mas nunca fugindo ao repertório da tragédia grega. Esta assume-se, assim, como um retrato longínquo do nosso tempo, mas inevitavelmente atual. Já “A Origem das Espécies” é uma criação a partir do texto intemporal de Charles Darwin, destinada ao público infantojuvenil, que, recorrendo a uma forte componente multimédia, se propõe a conduzir o público numa viagem teatral sobre a grande e milenar aventura da vida no planeta. Os ingressos para assistir a ambos os espetáculos continuam à venda na bilheteira do Teatro Municipal Baltazar Dias e têm um custo unitário de 5 euros.

Pin It on Pinterest