Madeira: Jovens arguidos por burla informática

A Policia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal do Funchal, no âmbito de uma investigação relacionada com a cibercriminalidade, identificou 7 jovens com idades entre os 13 e 19 anos, constituindo 5 deles como arguidos pela presumível prática dos crimes de acesso ilegítimo e de burla informática.

Os jovens, residentes na zona de Câmara de Lobos e com relações de amizade entre si, terão obtido dados associados a cartões de crédito estrangeiros, através de grupos secretos registados na rede social Facebook. Na posse desses elementos efetuaram dezenas de compras em lojas alojadas em ambiente WEB, tanto a nível nacional como a nível internacional.

No decurso da investigação com a duração de 9 meses, foram encetadas diligências que permitiram apreender ainda parte dos objetos adquiridos, nomeadamente equipamento desportivo, suplementos alimentares e equipamento eletrónico, cujo valor comercial ultrapassa os €5000,00.

Concluídas as diligências o inquérito segue agora para o DIAP do Funchal com proposta de acusação.

Pin It on Pinterest