Marinha empenhada em operação de resgaste médico

A Marinha, através do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa (MRCC Lisboa), em articulação com o Capitão do Porto de Cascais e o INEM – Centro de Orientação de Doentes Urgentes no Mar (CODU-Mar), coordenou esta manhã uma operação de resgate médico de um tripulante russo com sintomas de ataque cardíaco, de 53 anos de idade, que se encontrava a bordo do navio mercante KWIATKOWSKI, de bandeira da Antígua e Barbados, a navegar a cerca de 57 Km a noroeste do cabo da Roca.

​O alerta foi recebido através da linha de emergência rádio do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa, tendo o navio reportado que um dos tripulantes havia sofrido um ataque cardíaco. O INEM avaliou a necessidade de assistência médica como urgente, tendo o Capitão do Porto de Cascais empenhado de imediato uma lancha da estação salva-vidas de Cascais.
A lancha do Instituto de Socorros a Náufragos efectuou o resgate médico pelas 10h00 e transportou o tripulante sinistrado para a Marina de Cascais, onde aguardava a ambulância do INEM.

O marítimo foi entretanto transportado para o Hospital de Cascais, em situação estável.

 

Pin It on Pinterest