Prada visitou trabalhos de recuperação paisagística na Zona Florestal da Ponta do Sol

O Instituto das Florestas e Conservação da Natureza, IP-RAM, em colaboração com o município da Ponta do Sol, deu início à recuperação paisagística da Zona Florestal Adjacente à Estrada Regional nº 209, numa faixa de aproximadamente 3 metros ao longo de ambas as bermas desta via, no troço compreendido entre o Relógio de Água a uma cota de 600 metros até à Cova Grande (Paúl da Serra), a uma altitude de 1360 metros, com uma extensão total aproximada de 8,6 km.Esta intervenção cujo progressão dos trabalhos está a ser efetuada no sentido descendente ou seja de montante para jusante contempla a limpeza de espécies invasoras como a Carqueja, a Giesta, entre outras, assim como o corte e remoção do material carbonizado na sequência dos incêndios do verão passado.

De igual forma, neste processo de valorização, está a ser efetuada a subsequente plantação contemplando a instalação de cerca de 5500 espécies florestais indígenas ao longo da via com particular relevo para aquelas que conferem maior exuberância na floração ou diversidade cromática, numa intervenção que se pretende continuada e progressiva com ações regulares que permitam além da primeira intervenção a realização das operações necessárias ao sucesso dos objetivos de valorização paisagística daquela importante via.

Esta ação, além da intervenção de colaboradores do IFCN, IP-RAM e do Munícipio da Ponta do Sol, conta igualmente com a préstimosa colaboração de diversos voluntários que têm manifestado relevante interesse neste processo de recuperação bio-ecológico e paisagístico.

Pin It on Pinterest