Intervenção dos psicólogos favorece sucesso escolar

O Secretário Regional de Educação, Jorge Carvalho, esteve presente na sessão de abertura da Conferência “Escola SaudávelMente”, promovida pela Ordem dos Psicólogos Portugueses. Oportunidade serviu para relevar o desempenho daqueles profissionais nos estabelecimentos de ensino

“As complexidades dos contextos sociais são traduzidas no espaço micro, que é o escolar. É essencial que a gestão das expetativas, sejam elas entre pares, entre alunos e professores ou entre professores e alunos e encarregados de educação, tenham o devido acompanhamento. E aqui a intervenção dos psicólogos apresenta-se fundamental”, sublinhou o governante, garantindo toda a atenção ao setor.

“A Região interpretou muito bem essa necessidade. Daí que praticamente toda a rede escolar esteja coberta com profissionais de psicologia, desde o 1.º ciclo ao ensino secundário. Temos 55 psicólogos no nosso sistema educativo, um rácio muito favorável relativamente à média do país e muito próximo dos indicadores de referência. Mas porque os rácios valem e representam o que representam, o que é importante é que possamos dar a resposta necessária e adequada a cada contexto. É isso que temos vindo a fazer e é isso que vamos continuar a fazer. Ou seja, procuraremos sempre responder de forma positiva às necessidades, por forma a termos ambientes favoráveis para o processo de ensino-aprendizagem, para a convivialidade e promoção das boas atitudes, de modo a que os cidadãos que hoje estamos a formar  possam estar mais capacitados integrarem a sociedade de forma ativa”, explicou Jorge Carvalho.

O Secretário Regional não tem dúvidas do contributo dos psicólogos para a criação de ambientes saudáveis na escola, eles próprios promotores do sucesso. “É com a intervenção positiva de todos que conseguimos formar uma sociedade mais capaz e competente, que é aquela que consegue criar condições para que possamos todos, à medida de cada um, encontrar o caminho do sucesso. É nisso que estamos envolvidos, é nisso que acreditamos, é para isso que procuramos disponibilizar os recursos que são necessários”, concretizou Jorge Carvalho.

Pin It on Pinterest