Trump autoriza transferência de 19,5 mil milhões para a NASA

Donald Trump assinou ontem uma lei que autoriza no âmbito do primeiro orçamento da sua administração a transferência de 19,5 mil milhões de dólares para a NASA.

No documento assinado pelo presidente dos Estados Unidos é também pedido à agência espacial norte-americana que estabeleça um plano detalhado para colocar humanos para “perto ou para a superfície de Marte a partir de 2030”.

Esta foi a primeira vez em sete anos que ambas as câmaras legislativas do Congresso dos Estados Unidos concordaram em passar uma lei que aprova financiamento para a NASA.

“Há quase seis décadas que o trabalho da NASA inspira milhões e milhões de americanos a sonhar com mundos distantes e com um futuro melhor para a Terra”, disse Donald Trump, na presença de vários astronautas, durante a cerimónia de assinatura que decorreu na Sala Oval. “Estou encantado com a assinatura deste decreto. Já faz muito tempo desde a última vez que assinámos um documento como este e isto reafirma o nosso compromisso com a missão central da NASA: exploração humana do espaço, ciência espacial e tecnologia.”

O documento prevê o suporte à utilização da Estação Espacial Internacional pelo menos até 2024 e abre caminho às parcerias com o sector privado, através de empresas como a SpaceX e a Boeing, para a concretização de missões.

Pin It on Pinterest