UMa desafia a pensar o futuro da Educação Internacional, Liberdade Académica e da Diplomacia Pública

O Centro de Investigação em Estudos Regionais e Locais da Universidade da Madeira realiza, no próximo dia 18 de abril, uma aula aberta subordinada ao tema “Two Faces of America and Tragic Encounters: the Future of International Education, Academic Freedom, and Public Diplomacy”. A aula terá início pelas 16h, no Auditório da Reitoria, e será lecionada pelo Prof. Doutor Philip Hosay, da New York University (NYU), em língua inglesa.

O orador convidado vai abordar as recentes medidas tomadas pela Administração Trump, relativas à imigração e vistos, financiamento para o ensino superior e diplomacia pública, e como estas podem afetar os intercâmbios internacionais de âmbito educacional e cultural.

Philip M. Hosay é doutorado em História Americana pela Universidade de Michigan. É professor e diretor do International Education e do Multinational Institute of American Studies, da NYU. Sob a sua direção, o Multinational Institute, recebeu mais de $6,500,000 de financiamento da Agência de Informação e do Departamento de Estado dos Estados Unidos, do Fundo Nacional para as Humanidades, e de várias comissões Fulbright. Foi consultor do Departamento de Estado dos EUA na Noruega, Portugal, Suécia, Itália, Egipto, Arménia, Bielorrússia, Rússia, Japão, Coreia e Tailândia. Entre os seus interesses de investigação, destacam-se a diplomacia pública, o estudo dos Estudos Unidos em outros países, e o intercâmbio internacional de âmbito educacional e cultural. Atualmente, está a escrever a história da Diplomacia Pública Americana.

Trata-se, portanto, de uma oportunidade imperdível para todos os interessados na temática poderem ouvir e beneficiar da partilha da imensa experiência e saber do Prof. Doutor Philip Hosay.

A participação na aula aberta é livre, mediante inscrição até 17 de abril,

Pin It on Pinterest