Desempregados vão frequentar Escola Agrícola

Teve lugar ontem, no Instituto de Emprego da Madeira, a assinatura de um protocolo de colaboração entre a Secretaria Regional da Inclusão e Assuntos Sociais e a Secretaria Regional de Agricultura e Pescas. O referido protocolo tem como objetivo dotar a população desempregada de formação profissional nas áreas da agricultura, da pecuária, do agroalimentar e desenvolvimento rural.

Para o efeito, a Escola Agrícola da Madeira irá disponibilizar vagas em alguns cursos, cabendo ao Instituto de Emprego da Madeira a seleção dos candidatos. Os cursos de formação são gratuitos e iniciam-se no mês de maio, havendo ainda transporte garantido entre o Funchal e São Vicente, onde se localiza a Escola Agrícola da Madeira.

Pin It on Pinterest