Produção automóvel global regista uma nova queda

A produção automóvel global mantém um comportamento oscilante, registando uma nova queda após recuperação no mês anterior.

A produção automóvel registou no mês de abril uma queda no sector dos ligeiros, mas um crescimento nos pesados, o qual não foi suficiente para evitar um comportamento globalmente negativo. Em abril foram produzidas 12.243 novas viaturas, o que se traduziu numa queda homóloga de 14,7 por cento.

Por categorias de veículos, em abril de 2017 verificaram-se decréscimos nos ligeiros de passageiros (-16%) e nos comerciais ligeiros (-15,6%), enquanto que a produção de veículos pesados apresentou um crescimento de 29,3 por cento.

Quanto a valores acumulados, no primeiro quadrimestre de 2017, a produção registou um ligeiro crescimento de 0,8 por cento.

A informação estatística relativa a abril confirma a importância que as exportações representam para o sector automóvel já que 96,6 por cento dos veículos fabricados em Portugal têm como destino o mercado externo, o que, sublinhe-se, contribui de forma significativa para a balança comercial portuguesa.

A Europa continua a ser o mercado líder nas exportações dos veículos fabricados em território nacional – com 83,8 por cento – com a Alemanha (19,9%), Espanha (14,7%), França (10,8%) e Reino Unido (9,4%) no topo do ranking.

Em termos geográficos o mercado asiático, encabeçado pela China (10,2%), mantém o segundo lugar nas exportações de automóveis fabricados em Portugal.

 

Pin It on Pinterest