Famoso escritor britânico acredita na reversão do «Brexit»

Ian McEwan, famoso escritor britânico, acredita que um segundo referendo no Reino Unido pode reverter o «brexit». Numa conferência sobre a saída do Reino Unido da União Europeia, que teve lugar esta semana em Londres, o autor disse que basta esperar dois anos para lançar um segundo referendo e que este terá um resultado diferente do primeiro, devido à morte dos eleitores mais velhos, a grande maioria favoráveis ao «Brexit», o que poderá ser um fator decisivo para uma vitória da permanência na União Europeia.

“Um grupo de homens velhos zangados, irritantes até na vitória, estão a moldar o futuro do país contra os desejos dos jovens. E uma mão cheia de multimilionários que extravagantemente financiou a campanha do Brexit devido aos seus próprios interesses financeiros. Mas em 2019, o país pode ter um clima mais receptivo: 2,5 milhões de pessoas com mais de 18 anos, na sua maioria favoráveis à permanência. E também, 1,5 milhões de idosos, na sua maioria apoiantes do Brexit, vão estar frescos nas suas covas”, disse o autor de «Expiação», um dos seus livros mais conhecidos.

A audiência, que era composta na sua maioria por pessoas a favor da permanência na União Europeia, riu-se e aplaudiu as declarações de Ian McEwan. O autor disse ainda que continua a estar em negação no que diz respeito ao Brexit.

“Eu sei que não ajuda, mas não aceito esta decisão quase mística e carregada de emoções. Eu não acredito nisto. Rejeito-o”.

O discurso de McEwan tornou-se viral na internet e fez com que o autor fosse criticado pela sua previsão para um segundo referendo.

Pin It on Pinterest