Porto não quer o Festival Eurovisão de 2018

Rui Moreira, o presidente da Câmara Municipal do Porto, não tem interesse em ver o Festival Eurovisão de 2018 realizado na cidade. Motivo: os custos envolvidos na organização do evento.

O autarca não considera o evento “muito importante” para a cidade, tendo defendido essa posição esta terça-feira, na reunião camarária.

O assunto foi abordado pelo vereador do PSD Ricardo Almeida, ao defender que a RTP devia abrir um concurso para atribuir a organização do festival. Rui Moreira aludiu então à verba de “30 ou 40 milhões de euros”, orçamento que vem sendo referido, defendendo que é muito elevado.

“Acho que não é uma coisa muito importante para nós”, afirmou, citado pelo “Jornal de Notícias”.

Para o presidente da Câmara, deve ser a cidade que irá acolher o festival a pagá-lo, mas se é este o custo envolvido o Porto fica de fora.

“Dispenso”, concluiu.

Pin It on Pinterest