PJ deteve duas pessoas por fraude com apoios comunitários

A PJ deteve duas pessoas por fraude com apoios comunitários do Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN). Em causa estão cinco milhões de euros. Há 21 arguidos e foram apreendidos 12 carros de luxo.

O esquema consistia em em comprar maquinaria pesada, alegadamente destinada à inovação, mas empolando os preços, no âmbito de projectos financiados com apoios comunitários do QREN. Os montantes cobrados em excesso eram desviados para comprar carros de alta cilindrada. A Polícia Judiciária deteve duas pessoas por fraude na obtenção de subsídio, desvio de subsídio e falsificação de documentos no âmbito da investigação a este caso.

A operação batizada “Operação Inovar”, levada a cabo pela Unidade Nacional Contra a Corrupção da Polícia Judiciária, resultou ainda na constituição de mais 21 arguidos, 12 pessoas e nove empresas, revelou a PJ em comunicado, mas também na apreensão de 12 veículos de luxo, entre os quais um Ferrari e um Mclaren, Porsche e BMW, avançam esta quarta-feira o Diário de Notícias e o Correio da Manhã.

Pin It on Pinterest