Pestana e Escola Técnica e Profissional lançam curso de hotelaria

O Pestana Hotel Group e a Escola Técnica Profissional da Moita (ETPM) criaram uma equipa conjunta e acabam de lançar um projeto pedagogicamente inédito em Portugal – denominado “Qualificar para Crescer”.

Trata-se de uma iniciativa inovadora e pioneira, ao nível da formação em hotelaria e restauração, para que a Escola seja desde o início uma empresa, e vice-versa, disponibilizando uma solução há muito esperada que garante uma imersão em ambiente empresarial, ainda em contexto educativo.

Neste projeto, cuja co-criação é do Pestana Hotel Group, os quadros Pestana têm um papel fundamental e activo no mentoring, planeamento e implementação do Curso Profissional de Técnico de Restaurante/Bar, bem como, na formação e avaliação dos 26 alunos que o frequentam na ETPM, nesta fase de piloto.

De acordo com José Theotónio, CEO do Pestana Hotel Group, “Temos vontade de participar de forma activa na formação dos futuros profissionais do sector e o compromisso assumido aqui hoje com este projecto é a imersão imediata em ambiente empresarial real durante os 3 anos académicos, assegurando que no dia da entrada no mercado profissional em contexto laboral real os alunos estão num ambiente natural e já totalmente adaptados, em total alinhamento com as necessidades do empregador e as expectativas dos clientes. É um programa educativo que na sua génese, foi desenhado em conjunto e por isso totalmente adaptado às realidades actuais do mercado.”

Com início em Setembro deste ano, o curso contempla um plano curricular de três anos letivos, numa média anual de 1.100 horas. Para além disso, desenvolve-se em três áreas: sociocultural, científica e técnica, onde se inclui a formação em contexto de trabalho, representando um volume global de formação de cerca de 86.000 horas.

Os recursos humanos do Pestana Hotel Group asseguram formação técnica, bem como, a realização da formação em contexto de trabalho, a desenvolver nas várias unidades hoteleiras do grupo, em Portugal e no estrangeiro, o que representará um volume de formação de 21.000 horas.

A relação já existente, desde 2011, entre o Pestana Hotel Group e a ETPM permitiu até agora que 163 alunos já tenham realizado períodos de formação em contexto de trabalho em mais de 25 unidades do Pestana Hotel Group e foi neste contexto de uma relação já existente que surgiu a ideia no seio de ambas as equipas.

Como maior grupo hoteleiro multinacional de origem portuguesa, o PHG defende que só com a aposta permanente nos recursos humanos é possível continuar a prestar o serviço de excelência no Turismo, que mantém a marca Pestana na atual posição de liderança. Acima de tudo é urgente fechar o “gap” entre o “tempo de escola” e a imersão no mercado de trabalho real, acelerando de forma concreta a adaptabilidade dos recursos e aumentando a sua sustentabilidade e competitividade futuras, também em contexto internacional.

Pin It on Pinterest