CNN demitiu comediante por causa da cabeça de Trump

A televisão norte-americana CNN demitiu ontem a comediante Kathy Griffin depois de uma fotografia em que posou segurando a cabeça ensanguentada de Donald Trump, o presidente dos EUA.

“Kathy Griffin devia ter vergonha de si. As minhas crianças, especialmente o meu filho de 11 anos, Barron, estão a ter dificuldade em lidar com isto. Doentio!”, escreveu Trump na sua conta pessoal de Twitter.

Griffin, de 56 anos, arrependeu-se e pediu desculpa, tendo inclusivamente requisitado a retirada da imagem da Internet.

“Como mãe, esposa e ser humano, esta fotografia é muito preocupante”, disse Melania Trump, a primeira-dama norte-americana.

Até os críticos de Trump lamentaram o episódio.

“Nunca é divertido brincar sobre matar um presidente”, escreveu Chelsea Clinton, filha de Bill e Hillary Clinton, a candidata presidencial democrata que fez frente a Trump nas últimas eleições americanas.

“Lamento. Fui longe demais. Estava errada”, escreveu a comediante no Twitter, onde deixou o seu pedido de desculpas, num vídeo de 31 segundos.

“Eu peço desculpa, sinceramente. Estou a ver as reações das pessoas. Sou uma cómica, eu passei os limites, eu movi a linha e depois passeia-a. Eu fui longe demais. A imagem é demasiado perturbadora”, penitenciou-se Kathy Griffin.

Pin It on Pinterest