Ronaldo vai ser presente ao juiz a 31 de Julho

Já foi marcada a primeira audiência de Cristiano Ronaldo, que é acusado pela justiça espanhola de fraude fiscal no valor de 14,7 milhões de euros. Segundo a imprensa espanhola, Ronaldo vai ser presente ao juiz no dia 31 de Julho, pelas 11 horas (10:00 em Lisboa), segundo o jornal Marca.

De acordo com a nota do Ministério Público enviada ao tribunal de instrução, em causa estão valores de 1,39 milhões em 2011, mais 1,66 milhões em 2012, a que se juntam 3,2 milhões em 2013 e 8,5 milhões em 2014.

O Ministério Público de Madrid acusou o avançado luso de ter, de forma “consciente”, criado uma sociedade para defraudar o fisco espanhol quanto aos valores dos direitos de imagem em 14,7 milhões de euros, através de quatro delitos contra os cofres do Estado, cometidos entre 2011 e 2014.

Na base da acusação estão os direitos de imagem do jogador português ao serviço do Real Madrid desde 2009 e que, desde 1 de Janeiro de 2010, é considerado residente fiscal em Espanha.

Cristiano Ronaldo pode incorrer numa multa superior a 28 milhões de euros e em prisão efectiva de um mínimo de sete anos.

“Os advogados de Cristiano Ronaldo consideram que, sejam quais forem as soluções para este caso – bem como as suas consequências -, devem circunscrever-se ao âmbito administrativo e não ao judicial, porque a discrepância provém de uma questão jurídica muito complexa onde não há lugar à má-fé do jogador”, salienta a Gestifute, empresa que gere a carreira do internacional português.

Pin It on Pinterest