Motivação para a prática de desporto em crescimento

A vontade de praticar mais desporto parece estar a aumentar, se tivermos em consideração que os Consumidores planeiam comprar mais material desportivo até ao final do ano. De acordo com o estudo Observador Cetelem 2017, quase 14% dos inquiridos manifestam esta intenção.

Recorde-se que no ano passado apenas 8% diziam despender parte do seu orçamento para comprar equipamento e material de desporto. Este ano são 14%, o que representa quase o dobro.

“São números interessantes, que demonstram um crescente interesse dos portugueses pela prática desportiva e bem-estar. Significa também que estão preocupados com a sua saúde e em manter um estilo de vida ativo e saudável”, explica o Diretor de Distribuição do Cetelem, Pedro Camarinha.

O orçamento médio reservado pelas famílias para esta categoria em 2017 é de 170€. Valor semelhante ao do ano passado, quando os inquiridos previam gastar 157€. Medidas e políticas que, ao longo do tempo, têm vindo a incentivar a atividade física e a promover um maior cuidado alimentar podem estar entre as principais razões que justificam esta tendência.

O estudo Observador Cetelem tem por base uma amostra representativa de 600 indivíduos residentes em Portugal Continental, de ambos os géneros e com idades compreendidas entre os 18 e os 65 anos. Estes foram entrevistados telefonicamente, com informação recolhida por intermédio de um questionário estruturado de perguntas fechadas. O trabalho de campo foi realizado pela empresa de estudos de mercado Nielsen, entre os dias 11 e 15 de maio, e um erro máximo de +4,0 para um intervalo de confiança de 95%.

Pin It on Pinterest