Prevenção de match fixing chega às ligas profissionais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF), o Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) e a Liga Portuguesa de Futebol profissional (LPFP) deram início, ontem, ao plano de formação inserido no programa “Integridade no Futebol”, cujo arranque se fez junto dos plantéis das sociedades desportivas do GD Chaves e do Moreirense FC, ambas participantes na Liga NOS.

Rute Soares, integrity officer UEFA/FPF, e João Oliveira, responsável pelo gabinete jurídico do SJPF, assumiram o ato formativo nas duas sessões, que contaram com a presença de Sónia Carneiro, diretora executiva da LPFP.

O programa “Integridade no Futebol” contempla um conjunto de ações que visam combater eventuais atos de corrupção no âmbito do chamado “match fixing” (resultados combinados), de que é exemplo a formação em curso, que cobrirá todo o território nacional e todas as equipas profissionais durante a época.

É intenção da FPF, do SJPF e da LPFP alertar e dotar os jogadores com conhecimentos e ferramentas de segurança, como é exemplo a plataforma “Deixa-te de Joguinhos”, disponível online pelas três entidades, e na qual os atletas podem denunciar quaisquer tentativas ou abordagens com esse intuito.

Fonte: fpt.pt

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger