Governo espanhol exige “suspensão” do referendo

O Governo espanhol exigiu hoje às autoridades regionais da Catalunha, em Barcelona, a “suspensão” do referendo de 1 de Outubro, considerado ilegal. A resposta obtida por parte das entidades locais foi que nada farão para impedir a consulta.

Na reunião do Conselho de Segurança da Catalunha, em que participaram o secretário de Estado espanhol da Segurança (José Antonio Nieto) e o chefe do Governo catalão (Carles Puigdemont), ambas as partes mantiveram as posições já conhecidas.

Em declarações à imprensa depois da reunião, José Antonio Nieto explicou que pediu a Carles Puigdemont que “suspenda” o referendo, mas o responsável pela Administração Interna do Governo regional catalão, Joaquim Forn, confirmou que o executivo regional “não parará” o referendo que pretende realizar no domingo.

Pin It on Pinterest