Demitiram-se os dois directores-adjuntos do SEF

Joaquim Pedro Oliveira e António Carlos Patrício, os dois directores-adjuntos do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), apresentaram a sua demissão do cargo. A saída surge quatro dias após a demissão da directora, Luísa Maia Gonçalves.

Na base da decisão terá estado o crescente mal-estar entre a directora do SEF e a ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, devido à posição assumida pelo SEF relativamente aos efeitos da nova Lei dos Estrangeiros – que permite a concessão de residência a quem tenha uma promessa de trabalho -, uma medida que o SEF considerou produzir um “efeito de chamada” de estrangeiros a Portugal.

Joaquim Pedro Oliveira e António Carlos Patrício são inspectores superiores do SEF e assumiram funções como directores adjuntos de Luísa Maia Gonçalves após esta ser nomeada pelo Governo, no início de 2016.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger