Insolvências diminuem em Portugal

As insolvências diminuíram 8,5% em outubro face ao mês homólogo de 2016. De acordo com dados fornecidos pela Iberinform, registaram-se 4.947 insolvências até final do mês passado, o que traduz um decréscimo de 17% em relação a 2016. No entanto, as maiores descidas comparativas continuam a verificar-se em julho e setembro (18,3% em ambos os casos).

Em termos absolutos, em outubro, há registo de 653 insolvências, menos 61 que no mês homólogo de 2016. No acumulado, são 4.947 as empresas insolventes (menos 1.023 que em 2016). Lisboa e Porto são os distritos com valores absolutos de insolvências mais elevados, 1.421 e 1.001 respetivamente. Contudo, em relação a 2016, estes números traduzem diminuições de 2,6% em Lisboa e uma redução significativa de 23,4% no Porto. Os decréscimos de insolvências mais significativos verificam-se em Angra do Heroísmo (menos 68%), Beja (diminuição de 62%), Coimbra (menos 44%) e Évora (quebra de 40%). A Madeira mantém-se em contra ciclo com um aumento de 8,7% no número de empresas insolventes.

Os setores de atividade que apresentam um decréscimo de insolvências com maior variação percentual em outubro são: Indústria Extrativa (menos 40%), Comércio a Retalho (menos 28,6%) e Agricultura, Caça e Pesca (menos 25,9%). As Telecomunicações são o único setor com um aumento acentuado de insolvências (mais 28%).

Pin It on Pinterest