Bombeiros resgatam cadela na Eira do Serrado em ação que durou mais de seis horas

Um grupo de oito elementos dos bombeiros voluntários e duas viaturas estiveram numa ação de resgate, nesta quarta-feira, na Eira do Serrado, de uma cadela de grande porte que estava no local há cerca de 15 dias, segundo informação dada à equipa de resgate por populares da Fajã das Galinhas e do Curral.

Segundo informações facultadas ao «Tribuna» por elementos da equipa de resgate, o trabalho levou seis horas e meia para conseguir ter a cadela na estrada.

Nesta ação de resgate foram usadas cerca de 600 metros de cordas e vário material em três linhas de descida e recuperação. Os bombeiros que estiveram neste resgate saíram do quartel por colta das 12:50H e regressaram, com missão cumprida, pelas 22 horas.

Foi preciso algum tempo até a referida cadela ser localizada, nesta situação contaram com a ajuda de dois colegas da secção dos Bombeiros do Curral, o que foi importante para definirem uma estratégia de salvamento.

A cadela estava a cerca de 140 a 160 metros abaixo da estrada da Eira do Serrado num patamar de difícil acesso. A mesma foi entregue a uma instituição própria de protecção animal, tendo um dos elementos dos bombeiros que participou neste resgate se oferecido ficar com a mesma após os termos legais. Fotos: DR

 

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger