Maduro aponta o dedo à Venezuela

O presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, acusou ontem a Colômbia de deixar apodrecer duas mil toneladas de pernil de porco que o seu país tinha comprado para distribuir pela população no Natal.

“O que se passou na fronteira com a Colômbia não tem nome: conseguimos comprar com dinheiro nosso, da Venezuela, dos nossos compatriotas, duas mil toneladas de pernil (…) e proibiram que passasse a fronteira. E qual foi o resultado? Apodreceram os pernis que foram importados e pagos legalmente da Colômbia para a Venezuela”, disse Maduro num discurso de balanço de 2017, citado na imprensa local.

O presidente venezuelano tinha feito a promessa de distribuir entre o povo este tradicional alimento de Natal, mas a entrega não aconteceu e o presidente culpou outros países, entre os quais Portugal.

Pin It on Pinterest