Bitcoin perdeu valor esta terça-feira

A Bitcoin, a mais conhecida das moedas electrónicas, perdeu mais de 14% do valor esta terça-feira, dando seguimento a um movimento de venda nas criptmoedas, depois de o ministro das Finanças da Coreia do Sul ter apontado para a hipótese de o país proibir a sua negociação. A Coreia do Sul é um dos mercados mais activos no que respeita a estes produtos.

A bitcoin desceu 14,24% para 11.934,56 dólares, depois de ter desvalorizado um máximo de 19,53% para 11.199,07 dólares, o valor mais baixo desde 22 de Dezembro. A moeda criada por Satoshi Nakamoto já perde 13% desde o início do ano.

Esta terça-feira, o ministro das Finanças sul-coreano Kim Dong-yeon disse, em entrevista à TBS Radio, que encerrar as bolsas locais de criptmoedas é uma opção em cima da mesa.

A confirmação de que a Coreia do Sul pretende colocar barreiras nas criptomoedas segue-se à notícia de que também a China pretende bloquear o acesso a plataformas online e aplicações móveis que permitam a transacção das moedas virtuais, quer essas plataformas sejam chinesas ou estrangeiras.

Os receios de que os reguladores e as autoridades nacionais possam intensificar o seu escrutínio sobre as criptomoedas têm provocado perdas acentuadas nas últimas semanas, normalmente seguidas por fortes recuperações.

A volatilidade já motivou alertas da Autoridade Europeia dos Valores Mobiliários e dos Mercados (ESMA). Em entrevista à Bloomberg TV, o seu presidente avisou que os investidores “devem estar preparados para perder todo o seu dinheiro” em bitcoin. “Tem um valor extremamente volátil, que mina a sua utilização como moeda. E não é amplamente aceite”, disse o mesmo responsável.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger