Animais resgatados da Calheta pela ‘Ajuda a Alimentar Cães’

A Associação Ajuda a Alimentar Cães descobriu um canil desconhecido no antigo Matadouro da Calheta que está em ruínas. «Trata-se do prédio do antigo matadouro do concelho onde os cães retirados das ruas são ali mantidos.

Na sequência de uma denuncia com fotos tiradas de um animal morto dentro de uma das jaulas, fomos ao local. Encontramos vários animais doentes que estavam em condições higiénico-sanitárias bastante precárias num espaço improvisado pelo município que serve de acolhimento temporário para animais errantes.

Em nenhuma das jaulas havia recipientes próprios para a comida que é lançada ao chão, entre dejetos e urina. Para beber, os animais contavam com água esverdeada servida em baldes como documentam fotos e vídeos. O cheiro era insuportável. Os cães estavam completamente infestados de pulgas e carraças.

Fomos vários dias seguidos ao canil e em nenhum desses dias esteve alguém no local. A falta de um funcionário durante o dia é notório e explica em parte o problema.

O Dr. João Henriques Freitas, consultor jurídico e membro da Associação está a equacionar apresentar queixa-crime contra desconhecidos por maus-tratos a animais de companhia.

Temos documentado em fotos e vídeos para que sirva de prova, se necessário, todos os dias que estivemos neste canil como também todas as tentativas de chamada com os responsáveis e todas as conversas com os mesmos.

Todos os animais foram resgatados pela Associação Ajuda a Alimentar Cães para iniciarem tratamento. Uma cadela está na AuQmia ClinicaVet e os restantes estão no Hospital Veterinário da Madeira.

Um especial agradecimento ao Dr. Duarte Correia do Hospital Veterinário da Madeira por ter oferecido o internamento dos animais. E muito obrigada ao Axel Kalleder, do Vamos Lá Madeira, por todo o apoio».

Os animais resgatados da Calheta

A Noa foi a primeira cadelinha resgatada da Calheta pela Associação Ajuda a Alimentar Cães e está na AuQmia Clinica Vet onde recebeu todos os cuidados necessários. Foi tosquiada e desparasitada interna e externamente. Tomou um banho e está pronta para ir para um verdadeiro lar.

O primeiro banho da Sarni depois de passar por tanto sofrimento. Foi obrigada a beber água esverdeada, a dormir no cimento em cima das fezes e urina e ainda por cima tem sarna. Foi resgatada pela Associação Ajuda a Alimentar Cães da Calheta e está em tratamento na Vetmedis.

É a nossa Branquinha e era a cadelinha que estava mais infestada com pulgas e carraças. Foi resgatada da Calheta e já foi desparasitada interna e externamente. Depois de um banho está pronta para ser adotada.

Parece o inspetor Max mas é o nosso Pastor. É um Pastor Alemão e foi também resgatado da Calheta. Já foi desparasitado interna e externamente, foi feito o teste da dirofilaria e deu negativo.

É o Bolinhas e está irreconhecível. Também foi resgatado pela Associação Ajuda a Alimentar Cães da Calheta. Já foi desparasitado interna e externamente, foi tosquiado e tomou um banhinho.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger