Magistrados não receberam o salário

Mais de 1500 magistrados do Ministério Público não receberam o salário de Junho, nem o subsídio de férias, que deviam ser pagos hoje. António Ventinhas, o presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP), diz que a situação é “inédita”.

Luís Borges Freitas, o director-Geral da Administração da Justiça (DGAJ), garantiu esta manhã que o problema informático que levou à situação já está resolvido e que os magistrados do Ministério Público receberão ainda esta quinta-feira o ordenado e o respectivo subsídio de férias.

Os vencimentos dos magistrados do MP são processados pela Direcção-Geral da Administração da Justiça, organismo do Ministério da Justiça liderado por Francisca Van Dunem.

Pin It on Pinterest