“Tornei um sonho realidade”

Pedro Afonso, tem 15 anos de idade, e devido a questões de saúde está dependente de uma cadeira de rodas. Mas tem uma grande força de vontade de querer aprender e viver a vida.

O jovem é atleta do Clube Desportivo “Os Especiais” na modalidade de Boccia, uma modalidade que foi retomada por este clube e que é destinada a jogadores com deficiência grave (paralisia cerebral ou outra).

O atleta já conquistou medalhas para o Clube. Em 2017, Pedro Afonso levou para casa a medalha de prata, conquistada no Campeonato Nacional de Boccia Classe BC2 , onde sagrou-se vice-campeão de Portugal, no escalão de sub-21 na classe BC2.

Mas o jovem não se ficou por aqui. Este ano, em junho passado, o atleta do Clube Desportivo “Os Especiais” conquistou o 3º lugar na tabela classificativa em Santa Maria da Feira, no Campeonato Nacional de Boccia na Classe BC2 escalão sub-21.

Pedro Afonso adora todo o tipo de desporto, mas sabe que não tem possibilidade de poder experimentar todos. Um dos desportos que o jovem tem acompanhado, a nível de campeonatos, pela televisão, é a Esgrima. Este, a exemplo de outros, é um desporto ao qual ele nunca tinha experimentado e tinha quase a certeza de que não iria conseguir alguma vez.

Mas esse sonho de Pedro Afonso foi concretizado no passado domingo, dia 16, na Semana da Mobilidade 2018.

Pedro Afonso vestiu-se a rigor e, perante o olhar atento do treinador de esgrima Ricardo Catanho, e das suas dicas, experimentou jogar esta modalidade.

Em declarações ao «Tribuna», o jovem mostrou-se muito satisfeito e não escondia a sua felicidade. Questionado no final, depois de jogar, se tinha gostado, Pedro Afonso respondeu de imediato: “Se gostei, eu adorei. Foi um sonho tornado realidade”.

O jovem mostrou-se fascinado com a possibilidade de ter conseguido poder experimentar a Esgrima Adaptada, e chegou a deixar a dica de que se, eventualmente, venha a poder treinar a modalidade, com algum esforço, poderia até será capaz de conseguir uma medalha. Adora todos os desportos, afirmou que não fica muito satisfeito quando perde, mas depois esquece esse momento menos bom e reforça o interesse em melhorar nos treinos para ganhar da próxima vez.

 

Pedro Afonso ouvindo atentamente as dicas do treinador Ricardo Catanho (CD1ºMaio).

    

 

Pin It on Pinterest