Deputada do PS/M vai votar contra OE

 

A deputada do PS, eleita pelo círculo da Madeira, Isabel Sena Lino vai votar contra o Orçamento do Estado para 2012, se este prever uma “dupla austeridade e sacrifícios a dobrar” para os madeirenses.

O presidente do PS/Madeira, Jacinto Serrão, afirmou esta manhã em conferência de imprensa, que a deputada do PS na Assembleia da República, Isabel Sena Lino, vai votar contra o Orçamento do Estado, no caso de constar nesse documento “uma dupla austeridade e sacrifícios a dobrar” para os madeirenses.

O líder regional dos socialistas madeirenses disse que o seu partido não vai aceitar que “a generalidade dos madeirenses sejam responsabilizados por práticas governativas, cujas consequências lhes foram traiçoeiramente escondidas no recente acto eleitoral pelo PSD e CDS em coligação”.

Jacinto Serrão considera que o PSD e o CDS/Madeira têm de cumprir o que prometeram aos seus eleitores, não aceitando que a autonomia e a solidariedade nacional a que obriga o princípio da continuidade territorial sejam postos em causa “pela visão centralista da direita nacional instalada no poder”.

O líder do PS admite mesmo que Isabel Sena Lino pode não seguir a intenção da bancada parlamentar socialista que já levantou a possibilidade de abster-se na votação do Orçamento do Estado para 2012.

Serrão voltou a exigir que o Imposto Extraordinário sobre o subsídio de Natal fique nos cofres da Região, “os sacrifícios dos madeirenses deverão, por direito e por necessidade, ser destinados a resolver as dificuldades provocadas pelas dívidas acumuladas pela governação regional”, declarou.

O líder regional dos socialistas referiu ainda que o PSD e o CDS tem de ser capazes de defender os madeirenses e portossantenses “dos ataques que o governo dos seus partidos, na República, está a preparar à autonomia e à  subsistência económica da Região”. F.S

Pin It on Pinterest