Quadros de Van Gogh encontrados em casa de traficante

Duas telas a óleo do impressionista holandês Vincent Van Gogh, de valor incalculável, foram agora recuperadas pela polícia italiana. Tinham sido roubadas em 2002 e estavam numa casa do barão da droga Raffaele Imperiale.

Anos de buscas levaram a justiça italiana até uma casa de Imperiale, em Castellammare di Stabia, 34 quilómetros a sudeste de Nápoles, no sul de Itália, onde encontraram os quadros de Van Gogh. Falta encontrar o traficante, sobre quem foi lançado um mandado de captura no início do ano.

Há 14 anos, as duas telas, juntamente com outros quadros, foram surripiadas pela calada da noite do Museu Van Gogh, em Amesterdão. Com uma escada, os ladrões alcançaram o telhado do museu, na baixa de Amesterdão, partiram uma janela, desceram por uma corda e usaram-na depois para subir, já com as telas em sua posse.

De acordo com os relatos da imprensa italiana, ainda não está determinado quando serão restituídos os quadros ao Museu Van Gogh. Porque fazem parte das provas de uma investigação que está em curso.
Após 14 anos fora de Amesterdão, as telas parecem estar em boas condições, mesmo não tendo sido preservadas em condições apropriadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger