EDP é a empresa que emite mais gases com efeito de estufa

A EDP é a empresa portuguesa que emite mais gases com efeitos de estufa e só a central termoeléctrica de Sines é responsável por 13,5% das emissões totais de CO2 do país.

Os dados surgem no ranking divulgado esta quinta-feira pela associação ambientalista Zero e na véspera da entrada em vigor do Acordo de Paris, documento em que os países se comprometem a reduzir as emissões de gases de efeito de estufa.

Entre as cinco instalações nacionais mais poluentes surgem ainda a central termoeléctrica do Pego (da Tejo Energia), a refinaria de Sines (da Petrogal), o centro de produção de cimentos de Alhandra (da Cimpor) e os aviões da TAP, empresas que juntas representam 19,1% do total de emissões de dióxido de carbono de Portugal.

O presidente da associação, Francisco Ferreira, disse à Antena 1 que a EDP e a Tejo Energia, no que respeita ao uso do carvão, “é inevitável que aquelas centrais fechem mais cedo ou mais tarde”, mas a EDP já fez saber que não irá fechar a central, assinalando que “é a mais eficiente do país”.

Entre os sectores mais poluentes, o transporte rodoviário aparece em primeiro lugar (23,5% das emissões totais nacionais), seguido da produção de electricidade (22,5%). A indústria cimenteira, os aterros, e a produção de gado são também importantes poluentes, de acordo com a lista da Zero.

Pin It on Pinterest