Portugal aumenta exportação de frutos vermelhos

As exportações de frutos vermelhos ascenderam a 90,6 milhões de euros em 2015, ultrapassando de pera rocha, que representaram 86,5 milhões de euros, afirmou o Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Capoulas Santos, durante uma visita à Fruit Logística, em Berlim.

O Ministro referiu que os pequenos frutos vermelhos (framboesa, mirtilo, amora e groselha) afirmam cada vez mais a sua importância na agricultura portuguesa, sobretudo na Alemanha, «para onde Portugal pode aumentar progressivamente as suas exportações».

«As nossas exportações no mercado alemão são ainda uma gota de água no oceano. É portanto um mercado com grande potencial e que tem vindo a apreciar as frutas e hortícolas portuguesas», afirmou.

Capoulas Santos acrescentou que Portugal não tinha «grande tradição de produção e exportação de frutos vermelhos, mas são muito apreciados nos países nórdicos e as nossas condições climatéricas permitem produzir em termos de qualidade de forma imbatível. É um setor com grande potencial de crescimento», disse ainda.

O Ministro referiu também os primeiros dados de 2016, destacando que mostram que as exportações no setor das frutas cresceram na ordem dos 6%.

«Por isto, continuamos na trajetória de atingirmos em 2020 os dois mil milhões de euros de exportações», afirmou.

A Fruit Logistica é a maior feira de frutas e legumes do mundo, na qual estão presentes 42 expositores de empresas portuguesas.

Pin It on Pinterest