FBI está a investigar eventuais interferências nas presidenciais americanas

O director do FBI confirma que a organização está a investigar eventuais interferências do governo russo nas eleições presidenciais norte-americanas, nomeadamente entre indivíduos ligados à campanha de Donald Trump e Moscovo. James Comey, o director do FBI, admite pela primeira vez que o departamento de Justiça norte-americano está a investigar as suspeitas.

Comey, que está a ser ouvido no Congresso, disse esta segunda-feira que o inquérito “inclui investigações à natureza de qualquer ligação entre indivíduos associados à campanha de Trump e ao governo russo”. Disse também que o FBI está a tentar perceber se “houve alguma acção coordenada entre a campanha e os esforços russos”.

Pin It on Pinterest