Timor foi o maior doador para as vítimas dos incêndios

A República Democrática de Timor-Leste foi a entidade que mais verbas doou para ajudar as vítimas dos incêndios que ocorreram em Junho em Pedrógão Grande, Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos. O governo daquele país fez um donativo de 1,25 milhões de euros ao REVITA, o maior dos fundos de apoio às localidades afectadas pelos referidos incêndios.

O REVITA tinha 35 entidades aderentes até 30 de Setembro de 2017, das quais 27 com donativos em dinheiro, seis em espécie de bens móveis não sujeitos a registo e duas em prestações de serviços. Ao todo foram já recebidos pelo Fundo 3,8 milhões de euros em donativos em dinheiro.

De acordo com o primeiro relatório trimestral agora apresentado, os outros maiores doadores além do governo de Timor foram o Banco Santander Totta e o Banco Europeu de Investimento (ambos com donativos de 500 mil euros e o Banco Comercial Português (BCP), que doou 424.485,73 euros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger