Orçamento do Estado ‘negligencia’ matérias importantes para a Madeira

Na sequência da remodelação orgânica do Governo Regional, após as eleições autárquicas, decorreu esta manhã, no Salão Nobre da Assembleia Legislativa da Madeira, a tomada de posse dos novos membros do executivo madeirense.

Na referida remodelação, Miguel Albuquerque decidiu criar uma Vice-presidência, a qual fica sob a tutela de Pedro Calado. O novo vice-presidente fica responsável pelas pastas das Finanças, da Economia, dos Transportes e da coordenação política.

Para além da Vice-presidência, o XII Governo Regional da Madeira tem dois novos secretários regionais, designadamente, Paula Cabaço, que passa a titular do Turismo e Cultura, e Amílcar Gonçalves, que tem a responsabilidade dos Equipamentos e Infraestruturas.

Ao intervir nas sessão de tomada de posse dos novos membros do executivo madeirense, Pedro Calado aproveitou para lançar duras críticas ao Governo da República, dando como exemplo que a proposta do Orçamento do Estado para 2018 não vai de encontro aos interesses da Região.

“Manifesto o meu profundo desagrado pela forma como a proposta de Orçamento do Estado para o próximo ano desconsiderou ou negligenciou por completo, matérias consideradas essenciais e ansiadas pela população madeirense, inclusive não honrando compromissos já anteriormente assumidos pelo Governo Português”, vincou o vice-presidente do Governo Regional.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger