IVBAM dá apoio direto às bordadeiras

O Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato da Madeira está a levar a cabo desde o início deste mês várias ações de apoio à atividade das bordadeiras de casa através de visitas ao domicílio. Uma iniciativa que surge após reunião com o setor do Bordado e com a Associação dos Produtores de Bordado, Tapeçarias e Vimes da Região.

No fundo o objetivo passa por fazer um levantamento de eventuais lacunas no processo produtivo e assim dar o apoio necessário às bordadeiras no exercício da sua atividade, com o intuito de garantir a qualidade e autenticidade do produto, quer a montante quer a jusante do processo produtivo. “Trata-se de assegurar que o produto realizado pelas bordadeiras continua a chegar ao mercado em condições exímias. Podemos não produzir muito, mas produzimos com qualidade. É isso que nos distingue”, disse Paula Jardim, presidente do IVBAM.

Neste processo poderão ser detetadas e corrigidas, eventuais falhas na cadeia de produção dos produtos do «Bordado da Madeira», em particular nos trabalhos estampados e respetivos bilhetes, nas legendas gráficas, contagem de pontos industriais entre outros, que ao serem colmatados no início do processo produtivo, garante também um claro beneficio para a qualidade destes produtos, para os Industriais do Bordado e para o consumidor.

Pin It on Pinterest