Consumidores estão mais confiantes

Os consumidores portugueses não se mostravam tão confiantes em relação à evolução futura da situação económica do país (e das suas famílias) e às perspectivas de descida do desemprego desde o ano de 2000. Nas empresas, o indicador de clima económico também melhorou.

Estes são alguns dos resultados dos mais recentes inquéritos de conjuntura às empresas e aos consumidores, divulgados esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

“O indicador de confiança dos Consumidores aumentou entre Setembro e Fevereiro, de forma mais significativa nos últimos três meses, retomando a trajectória positiva observada desde o início de 2013 e apresentando o valor mais elevado desde Março de 2000. No mês de referência, o comportamento do indicador resultou do contributo positivo de todas as componentes, mais expressivo no caso das expectativas relativas à evolução do desemprego”, pode ler-se no relatório.

Pin It on Pinterest